quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

A IMORALIDADE ACIMA DE TUDO



A imoralidade acima de tudo.

Excelentíssimo Senhor Presidente da Republica Federativa do Brasil Michel Miguel Elias Temer Lulia, acredito que quando foi empossado como Presidente do Brasil após com processo de impeachment da ex Presidente Dilma Vana Rousseff o Senhor não só pensou em melhorar a economia do país, mas sim administrar de todas as formas e boas maneiras para que a nação passasse a acreditar mais no nosso Brasil, nos nossos governantes e nos políticos de forma geral.
Excelentíssimo Senhor Presidente, desde meus tempos de criança e isso já se foram quase setenta anos eu sempre ouvi e percebi que o Brasil é o melhor país do mundo, coisa que eu sempre concordei e concordo, mas por outro lado eu tenho falado de forma insistente que desde que portugueses aqui chegaram em 1500 quase todos os nossos governantes não se preocuparam com o desenvolvimento do povo brasileiro e com o desenvolvimento do Brasil, é claro que existem exceções, alguns, mas poucos governantes tiveram essas preocupações.
Excelentíssimo Senhor Presidente, como é de seu conhecimento, pois é um homem culto e letrado que nestes quinhentos e poucos anos de vida da nossa nação passamos a maioria desse tempo sob regime de ditadura, tirando do povo aquela liberdade que a democracia permite, sendo assim infelizmente nosso povo não sabe até hoje o que é democracia, até porque saímos de uma ditadura militar recentemente. Com a falta do exercício da democracia de modo geral ainda não sabemos e não conhecemos o que é viver em democracia, ainda é muito forte dentro da consciência do brasileiro que na democracia vale tudo e pode fazer o que quiser, quase ninguém fez questão de esclarecer e explicar para toda essa gente que a democracia tem regras e que não é viver em baderna, libertinagem e liberalidade, pelo contrário temos que viver sim em liberdade, mas com organização e respeito para com tudo que vamos fazer ou em tudo que vamos decidir, ou seja, a democracia é o regime dos deveres e não dos direitos.
Excelentíssimo Senhor Presidente, esse conceito errado que vive a sociedade brasileira de que tudo pode e que pode fazer tudo que quiser por ser um regime democrático é fruto de falta de investimento geral em nosso sofrido povo, tais como saúde, educação, segurança, e infra-estrutura e demais seguimentos sociais.
Excelentíssimo Senhor Presidente, costumo dizer que não temos crise econômica, nem financeira e nem orçamentária, temos sim um grande e forte crise moral e porque moral? Moral por vários e conhecidos motivos, se não tem saúde é porque o dinheiro para a saúde saiu de Brasília mas não chegou à saúde, se não temos educação é porque o dinheiro da educação saiu de Brasília mas não chegou à educação, se não temos segurança é porque o dinheiro da segurança saiu de Brasília e não chegou à segurança, se não temos infra-estrutura é porque o dinheiro da infra-estrutura saiu de Brasília e não chegou à infra-estrutura e assim por diante, deu para entender SENHOR Excelentíssimo Senhor Presidente?, Acredito que o Senhor entendeu e muito bem, pois tenho a certeza que sabe o que eu estou alertando, inclusive o Senhor é muito vivo, inteligente e sagaz para entender tudo isso e mais um pouco, e por quê? Porque tenho a certeza que o Senhor entende muito bem de moralidade e imoralidade, não acha que estou certo?
Excelentíssimo Senhor Presidente, é claro que estou certo e para provar que estou certo quero dizer que acertou em fazer reformas, pois são de suma importância para o desenvolvimento do Brasil, mas não da forma que está fazendo, esta fazendo errado Senhor Presidente e muito errado, pois em suas reformas a imoralidade tem trânsito livre, até parece que não existem ninguém para assessorá-lo, mas com certeza tem, mas estes fazem parte de um conluio onde permeia firmemente a imoralidade desenfreada, pois compra se tudo, inclusive a compra de votos no Congresso Nacional.
Excelentíssimo Senhor Presidente, que moral tem um governo que em uma reforma previdenciária não vincula o reajuste anual da aposentadoria ao reajuste anual do salário mínimo, prejudicando claramente e diretamente aqueles que já trabalharam a vida inteira para construir as riquezas do Brasil? Que moral tem um governo que compra votos de deputados federais a peso de ouro para interromper um processo de impeachment contra o Presidente da Republica que coincidentemente é o Senhor? Que moral tem um governo que quer através de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) mudar a Lei da Regra de Ouro fortemente embasada no Art. 167 e outros da Constituição Federal e na Lei Complementar nº 101 (04/05/2000) a Lei de Responsabilidade Fiscal, e para que essa mudança? Simplesmente para alterar os gastos para cima e para cobrir rombo financeiro e orçamentário para se safar de outras punições como já acontecera com a dissimulada ex Presidente Dilma Vana Rousseff que recebeu a punição maior que é o impeachment.
Excelentíssimo Senhor Presidente, que moral tem Presidente que esta com várias investigações contra si correndo sob sigilo de justiça no Supremo Tribunal Federal? Qual a moral de um Presidente que assina um decreto referente ao indulto de Natal que beneficiam bandidos e criminosos do colarinho branco? Que moral tem um Presidente que nomeia uma pessoa para ocupar uma importante pasta como a do Trabalho e que a nomeada tem problemas exatamente com a Justiça do Trabalho porque ela não assinou a Carteira de dois dos seus motoristas e ainda não pagou e não quer pagar o que a Justiça determinou que ela pagasse seus empregados? Que moral tem um Presidente que tem em seu governo vários ministro envolvidos por corrupção na Operação Lava Jato, o maior sistema de corrupção já descoberto em todo o mundo?
Excelentíssimo Senhor Presidente, que moral tem um governo que mente para a sociedade? O Senhor acha correto isso? O senhor quer enganar quem? Como pode dizer aos quatro cantos e a todos os ventos que a inflação no ano de 2017 foi de 2,95%? Com certeza isso é uma grande piada e uma grande mentira, primeiro não é muito clara a metodologia aplicada para apurar a inflação no Brasil, não se pode jamais acreditar que com os aumentos da eletricidade, gasolina, gás, álcool e outras fontes energéticas os índice real é de apenas 2,95%, Senhor Presidente nos dias atuais é impossível não aumentar os preços de qualquer de produtos e serviços de qualquer natureza de uma cadeia produtiva que depende praticamente de fontes energéticas, não se produz nada e não se faz nada sem energia seja ela de qualquer tipo sem que não aumente preços. Hoje os seguimentos produtivos como: agricultura, agroindústria, agropecuária, avicultura, comércio, indústria, serviços e outras fontes de produção dependem das mais diversas fontes energéticas, assim não tem como na composição dos preços de um bem qualquer não haver aumento que não onere fortemente o consumidor final. Por isso Senhor Presidente com os altos índices de aumentos das fontes energéticas autorizados pelo Governo Federal não há como acreditar que este índice de 2,95% em 2017 é real ou verdadeiro e somos sabedores e o Senhor também sabe que isso prejudica e faz sofrer as pessoas de pequeno poder aquisitivo ou seja, aqueles trabalhadores que ganham até cinco salário mínimos. Não posso dizer que houve manipulação no índice de inflação, pois desconheço o método de sua apuração e também não tenho provas, mas este índice não é compatível com a realidade que ora vivemos, assim sendo digo mais uma vez; “Imoralidade acima de tudo” e se faz de tudo para enganar o povo e sair com vantagem principalmente vantagem eleitoral e financeira.    
Excelentíssimo Senhor Presidente, já vi que de moralidade e imoralidade o Senhor entende bem, bom seria se o Senhor optasse pela moralidade, mas o Senhor preferiu optar pela imoralidade, veja em seu governo Senhor Presidente quem são seus Ministros? Quem são seus lideres no Congresso Nacional? Quase todos envolvidos no mar de lama da corrupção e quase todos estão sendo investigados pela Operação Lava Jato e outras operações investigativas, e eu pergunto? Para que isso Senhor Presidente, ainda dá tempo, começa a fazer amizade com a moralidade, com a ética, com a honestidade e com o respeito a toda a nação brasileira e com o Brasil, ainda dá tempo de mudar e de reparar toda essa bandalheira feita nos últimos quinze anos no Brasil e o pior quer nestes quinze anos o Senhor estava presente em tudo e a tudo, mesmo que para isso o Senhor tenha personalidade que um Presidente da República Federativa do Brasil necessita ter e que enfrente a justiça de peito aberto, firme e altivo e a ela vá pagar algo se porventura dever.
Excelentíssimo Senhor Presidente, peço desculpas se eu o ofendi pessoalmente, se isso aconteceu não foi por má fé e sim para relatar aqui nesse meu pequeno espaço o pouco de muitas coisas escusas que acontecem no Brasil principalmente de 2003 até hoje, também quero pedir desculpas as pessoas que às vezes lêem o que escrevo, pois não sou bom de redação, mas fiquem tranqüilos porque o que escrevo é de boa intenção para fomentar um debate necessário para que as coisas no Brasil sejam esclarecidas para que produza conforto e bem estar a todo o povo brasileiro.
Excelentíssimo Senhor Presidente, para finalizar Senhor Presidente eu digo ao Senhor o  seguinte; cuidado com o caminho que trilha. Para que o Senhor se oriente melhor leia: 1º Coríntios 15:33 Não vos enganeis: As mas companhias corrompem os bons costumes. Salmo 1:1 Feliz quem não se conduz segundo as normas dos ímpios, nem segue a estrada dos maus ou vem sentar se com eles. Oi ainda o ditado popular: Digas com quem tua andas que eu direi que tu és.    
Abraços Pereira.
Foz do Iguaçu – PR, 17 de janeiro de 2018.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

HOJE DIA 12 DE OUTUBRO É O DIA DA CRIANÇA BRASILEIRA



12 DE OUTUBRO O DIA DA CRIANÇA BRASILEIRA
BOA NOITE hoje 12 de outubro comemora-se no Brasil o dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, mãe da CRIANÇA Jesus Cristo o dia da CRIANÇA (Lei nº 11.899), somos sabedores que a CRIANÇA é o ser mais importante da natureza, do Brasil e de toda a humanidade. A CRIANÇA é a esperança e o futuro da nação brasileira, pois não há nenhum adulto sem que este fosse um dia CRIANÇA, por isso os adultos, a sociedade constituída e o governo têm que proporcionar a CRIANÇA tudo que ela necessita para viver e ter uma vida de conforto e segurança.
No Brasil existem diversos instrumentos jurídicos para dar a CRIANÇA uma vida com proteção e apoio para seu desenvolvimento, como lazer, segurança, educação, proteção e outros para que a CRIANÇA tenha tudo que seja necessário para que ela se torne adulto dentro de um ambiente sadio, seguro e promissor e com toda a assistência possível em todos os sentidos.
A Constituição Federal em seu Capítulo VII, especialmente no Art. 227 trata se especificamente da CRIANÇA e do adolescente dando pleno apoio e segurança em todas as formas, também em todas as Constituições Estaduais e Leis Orgânicas de todos os municípios existem dispositivos destinados a CRIANÇA.
Em 13 de julho de 1990 foi publicado o Estatuto da CRIANÇA e do Adolescente – ECA através da Lei nº 8.069 que diz o seguinte em seu Art. 1º: Esta Lei dispõe sobre a proteção integral à CRIANÇA e ao adolescente.
Veja e leia com atenção a seguir o texto elaborado e publicado pela ONU no dia 20 de novembro de 1959, referente à total garantia da CRIANÇA.  

Declaração dos Direitos da Criança - 1959

Adotada pela Assembléia das Nações Unidas de 20 de novembro de 1959 e ratificada pelo Brasil; através do art. 84, inciso XXI, da Constituição, e tendo em vista o disposto nos Arts. 1º da Lei nº 91, de 28 de agosto de 1935, e 1º do Decreto nº 50.517, de 2 de maio de 1961.

PREÂMBULO
Considerando que os povos das Nações Unidas, na Carta, reafirmaram sua fé nos direitos humanos fundamentais, na dignidade e no valor do ser humano, e resolveram promover o progresso social e melhores condições de vida dentro de uma liberdade mais ampla.
Considerando que as Nações Unidas, na Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamaram que todo homem tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades nela estabelecidos, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento ou qualquer outra condição.
Considerando que a criança, em decorrência de sua imaturidade física e mental, precisa de proteção e cuidados especiais, inclusive proteção legal apropriada, antes e depois do nascimento.
Considerando que a necessidade de tal proteção foi enunciada na Declaração dos Direitos da Criança em Genebra, de 1924, e reconhecida na Declaração Universal dos Direitos Humanos e nos estatutos das agências especializadas e organizações internacionais interessadas no bem-estar da criança.
Considerando que a humanidade deve à criança o melhor de seus esforços.
Assim,
A Assembléia Geral:
Proclama esta Declaração dos Direitos da Criança, visando que a criança tenha uma infância feliz e possa gozar, em seu próprio benefício e no da sociedade, os direitos e as liberdades aqui enunciados e apela a que os pais, os homens e as mulheres em sua qualidade de indivíduos, e as organizações voluntárias, as autoridades locais e os Governos nacionais reconheçam estes direitos e se empenhem pela sua observância mediante medidas legislativas e de outra natureza, progressivamente instituídas, de conformidade com os seguintes princípios:

Princípio 1: A criança gozará todos os direitos enunciados nesta Declaração. Todas as crianças, absolutamente sem qualquer exceção, serão credoras destes direitos, sem distinção ou discriminação por motivo de  raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento ou qualquer outra condição, quer sua ou de sua família.
Princípio 2: A criança gozará proteção social e ser-lhe-ão proporcionadas oportunidades e facilidades, por lei e por outros meios, a fim de lhe facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, de forma sadia e normal e em condições de liberdade e dignidade. Na instituição das leis visando este objetivo levar-se-ão em conta sobretudo, os melhores interesses da criança.
Princípio 3: Desde o nascimento, toda criança terá direito a um nome e a uma nacionalidade.
Princípio 4: A criança gozará os benefícios da previdência social. Terá direito a crescer e criar-se com saúde; para isto, tanto à criança como à mãe, serão proporcionados cuidados e proteções especiais, inclusive adequados cuidados pré e pós-natais. A criança terá direito a alimentação, recreação e assistência médica adequadas.
Princípio 5: À crianças incapacitadas física, mental ou socialmente serão proporcionados o tratamento, a educação e os cuidados especiais exigidos pela sua condição peculiar.
Princípio 6: Para o desenvolvimento completo e harmonioso de sua personalidade, a criança precisa de amor e compreensão. Criar-se-á, sempre que possível, aos cuidados e sob a responsabilidade dos pais e, em qualquer hipótese, num ambiente de afeto e de segurança moral e material, salvo circunstâncias excepcionais, a criança da tenra idade não será apartada da mãe. À sociedade e às autoridades públicas caberá a obrigação de propiciar cuidados especiais às crianças sem família e àquelas que carecem de meios adequados de subsistência. É desejável a prestação de ajuda oficial e de outra natureza em prol da manutenção dos filhos de famílias numerosas.
Princípio 7: A criança terá direito a receber educação, que será gratuita e compulsória pelo menos no grau primário. Ser-lhe-á propiciada uma educação capaz de promover a sua cultura geral e capacitá-la a, em condições de iguais oportunidades, desenvolver as suas aptidões, sua capacidade de emitir juízo e seu senso de responsabilidade moral e social, e a tornar-se um membro útil da sociedade.
Os melhores interesses da criança serão a diretriz a nortear os responsáveis pela sua educação e orientação; esta responsabilidade cabe, em primeiro lugar, aos pais.
A criança terá ampla oportunidade para brincar e divertir-se, visando os propósitos mesmos da sua educação; a sociedade e as autoridades públicas empenhar-se-ão em promover o gozo deste direito.
Princípio 8: A criança figurará, em quaisquer circunstâncias, entre os primeiros a receber proteção e socorro.
Princípio 9: A criança gozará  de proteção contra quaisquer formas de negligência, crueldade e exploração. Não será jamais objeto de tráfico, sob qualquer forma.
Não será permitido à criança empregar-se antes da idade mínima conveniente; de nenhuma forma será levada a ou ser-lhe-á permitido empenhar-se em qualquer ocupação ou emprego que lhe prejudique a saúde ou a educação ou que interfira em seu desenvolvimento físico, mental ou moral.
Princípio 10: A criança gozará de proteção contra atos que possam suscitar discriminação racial, religiosa ou de qualquer outra natureza. Criar-se-á num ambiente de compreensão, de tolerância, de amizade entre os povos, de paz e de fraternidade universal e em plena consciência que seu esforço e aptidão devem ser postos a serviço de seus semelhantes.

Diante de todos estes instrumentos como, Constituição Federal, Constituições Estaduais, Leis Orgânicas Municipais, ECA, Declaração do Direito da CRIANÇA e outras leis menores eu pergunto? Será que a CRIANÇA brasileira esta segura? Protegida e apoiada naquilo que toda CRIANÇA necessita? Ai eu respondo que não, pois falta muito para que o governo e a sociedade assuma as responsabilidades para com a CRIANÇA em cumprimento a tudo que estes instrumentos estão dizendo, orientando e exigindo que cumpra na sua totalidade para o bem estar por completo a toda CRIANÇA brasileira.
Notamos e estamos presenciando claramente que nos últimos anos o governo nada fez para isso, sabemos que no Orçamento da União existem rubricas com valores orçamentários e financeiros para programas destinados a proteção, apoio e investimento no total desenvolvimento das nossas CRIANÇAS, mas no papel estes programas são bonitos, lindos e maravilhosos, mas o que vemos na prática? Na prática vemos que políticos, empresários e pessoas influentes com poder de decisão inseridas nestes programas se enriquecem de forma ilícita através da corrupção subtraindo dos cofres públicos recursos destinados aos programas de investimento na CRIANÇA do Brasil, o descalabro é tamanho que existem empresas e Ongs criadas por maus cidadãos e políticos maus intencionados com o único objetivo de afanar verbas dos órgãos governamentais gestores das políticas para o desenvolvimento da CRIANÇA, isto é uma absurdo,vemos e assistimos com nossos olhos e sempre de boca calada.
Desta forma como podemos acreditar que CRIANÇA brasileira tem através da sociedade e dos governos a assistência necessária que é de obrigação do governo conforme o assentada na nossa Constituição Federal? Podíamos acreditar, mas como? Acreditar como se o governo, a justiça, o ministério público e os órgãos de segurança que tem a autoridade, autonomia e a obrigação de fazer alguma coisa pela CRIANÇA não faz, então em quem acreditar?.
O Brasil é um país rico, riquíssimo, pois dinheiro não falta, o governo diz que não tem, mas isso é a maior mentira do mundo, pois como tem dinheiro para fazer Copa do Mundo, Jogos Olímpicos e outros eventos que não levam a nada a não ser a corrupção? “Construímos e reformamos” doze estádios e outras estruturas para a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos, fizemos até duas belas festas, mas ai o principal produto destes investimentos não foram uma possível vitória de conquista da Copa do Mundo nem vitórias na conquistas de medalhas nos Jogos Olímpicos, mas sim uma grandessíssima organização criada e planejada para instaurar um dos maiores projetos de corrupção do mundo, enquanto isso a CRIANÇA brasileira fica desassistida e a mercê sabe lá de quem e de que.
Diante da desconfiança do cidadão no governo, na justiça, no ministério público e nos órgão de segurança enumero aqui alguns casos praticados contra a CRIANÇA que a sociedade assistiu com muita dor nos últimos anos: Caso Isabela Nardone, Caso João Hélio, caso Bernardo Boldrini e o caso recentemente da creche em Janaúba MG, todos foram violentamente praticados contra a CRIANÇA, ai eu pergunto nestes casos e em outros onde está o Governo, o Congresso Nacional, o STF, o Ministério Publico, os Órgãos de Segurança e a sociedade? Ninguém sabe até porque eles nada fazem e estes casos como os outros vão sendo esquecidos e nada é feito para melhorar a caótica situação e o descrédito do cidadão nestes órgãos já citados.
Para que a credibilidade volta algumas coisas tem que ser feito com muita eficácia, por exemplo: Que não assistimos mais Joãos Hélios sendo arrastados pelas ruas do Rio de Janeiro ou em qualquer outra cidade brasileira, que outras Isabelas Nardones não sejam mais jogadas do 6º andar de qualquer prédio, que outros Bernardos Boldrines não serão mais mortos e enterrados por madrastas e que em qualquer creche do Brasil nossas CRIANÇAS terão a certeza de segurança e que nenhum outro psicopata ateia fogo nelas.
Caríssimos isso é revoltante e não pode mais acontecer, para isso o comportamento do Governo, o Congresso Nacional, o STF, o Ministério Publico, os Órgãos de Segurança e da sociedade tem que ser mudado e as mudanças são poucas, mas muito poucas, a primeira delas é ter vergonha na cara, a segunda e deixar de ser corrupto a terceira é trabalhar e outras pequenas mudanças, que moral tem um governo que já barrou dois processos de impeachment comprando deputados a peso de ouro com o dinheiro publico? Qual é a moral do STF que seu então Presidente Ricardo Lewandowski em conluio com o crápula do Senador Renan Calheiros através de uma maracutaia política intencionalmente beneficiou a ex Presidente Dilma Rousseff não suspendendo seus diretos políticos no dia da votação do impeachment contrariando o que diz a Constituição Federal. Que moral tem o Congresso Nacional que que quase todos seus membros inclusive o Presidente do Senado e o Presidente da Câmara Federal envolvidos em diversas frentes de corrupção em especial a Lava Jato? Qual é a moral do corpo de Ministros do Governo Federal que estão a serviço da defesa pessoal e política, muitos deles indiciados na Lava Jato e outros presos, deixando seus compromissos no Ministério as moscas causando prejuízo a toda a sociedade brasileira?
Vamos parar por ai, mas eu faço a pergunta final? Podemos confiar nestas pessoas e nestes órgão que deveriam estar a serviço exclusivo da sociedade, o que eles com as qualidade podem fazer pela CRIANÇA brasileira? A resposta e NADA, NADA e NADA, assim nossas CRIANÇAS ficam desassistidas e a mercê de bandidos e os mandatários do Brasil ficam olhando de camarote só pensando em encher os bolsos com o dinheiro público.
Ah!  Em tempo atualmente  “Senhora” Anna Carolina Jatobá uma das assassinas da CRIANÇA Isabela Nardone vive a situação prisional em regime semi-aberto, mais uma vez como confiar numa justiça dessas? Pobre das nossas CRIANÇAS, enquanto tiver Juízes canalhas e descomprometido com a JUSTIÇA nossas CRIANÇAS estão perdidas e abandonadas e infelizmente não temos nada de bom para comemorar neste dia tão importante na vida da CRIANÇA brasileira..
Agora só nos resta no dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira Brasil, Mãe da CRIANÇA Jesus Cristo olhar, proteger e interceder favorável as nossas CRIANÇAS e que DEUS NSJC ilumine o caminho de todas.
Abraços Pereira, Foz do Iguaçu, 12 de outubro de 2017.

sábado, 1 de abril de 2017

AH! SE REALMENTE FOSSEM MENTIRAS DE 1º DE ABRIL.



AH! SE REALMENTE FOSSEM MENTIRAS DE 1º DE ABRIL.
Bom dia a todos depois de um longo período de inatividade venho iniciar uma nova etapa em meu blog que como muitos sabem que o nome é: Blog do Pereira com o seguinte endereço: www. jpsfisp.bolgspot.com
Hoje 1º de abril em diversos locais do mundo comemora o Dia da Mentira, comemorado por crianças e adultos, algumas pessoas também diz que é o dia dos Bobos, data esta em que, as pessoas brincam com as outras com pequenas mentiras que na realidade são brincadeiras onde se pregam peças sempre para uma pequena diversão, sendo que muitas brincadeiras persistem há vários anos.
No Brasil o Dia da Mentira se popularizou inicialmente em Minas Gerais no começo do século XIX por um jornal denominado “A Mentira” publicando assuntos do dia a dia e com sensacionalismo.
Lançado em 1º de abril de 1848 tendo sua primeira matéria a morte do Imperador Dom Pedro II, passado alguns dias esta publicação foi desmentida, mas muita gente acreditou que esta noticia fosse verdade.
Eu fiz esse pequeno preâmbulo para que nós jamais esqueçamos com os reais acontecimentos dos últimos dez, quinze anos no Brasil e que fosse muito bom, ou ótimo se pudéssemos fazer piadinhas ou pegadinhas com certos assuntos que estão em pura evidencia no Brasil e noticiados e veiculados por toda a imprensa brasileiras especialmente nos grandes veículos de comunicação de televisão, radio e jornais como os que se seguem.
Caso Waldomiro Diniz: O então assessor da presidência para assuntos parlamentares protagonizou o primeiro escândalo do governo Lula, em fevereiro de 2004. Waldomiro Diniz foi afastado do cargo depois da divulgação de um vídeo em que aparece cobrando propina para arrecadar dinheiro para a campanha eleitoral de 2002. Ele também foi ligado ao bicheiro Carlinhos Cachoeira.
Escandalo dos Aloprados: Em 2006 a Polícia Federal prendeu dois integrantes do PT que tentavam negociar um falso dossiê que ligava José Serra e Geraldo Alckmin então candidatos ao governo de São Paulo e à Presidência da República, respectivamente ao escândalo dos sanguessugas. Um dos 'aloprados', termo cunhado por Lula, era Hamilton Lacerda, ex-assessor de Aloizio Mercadante.
Escandalo do Mensalão: Um esquema de compra de votos pelo PT na Câmara dos Deputados a favor de projetos do governo foi chamado de mensalão. Ao custo de R$ 30 mil por mês, cada deputado era pago com dinheiro público, desviado pelo ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e pelo publicitário e lobista Marcos Valério.O esquema foi revelado pelo ex-deputado Roberto Jefferson.
Esacandalo Petrolão/Lava Jato: O escândalo mais recente que envolve o PT foi a denúncia feita por Pedro Barusco, ex-gerente da diretoria de Serviços da Petrobras, nas investigações da Operação Lava-Jato. De acordo com o delator, no período de 2003 a 2013 o partido recebeu entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões em propina de 90 contratos firmados pela estatal. 
Mais uma vez isso não é mentira, isso é verdade e essa verdade tem um alto valor, um valor quase que sem medida, é corrupção pura, que tira quase todos os recursos que o Governo tem para investir na sociedade de forma geral, assim ficamos sem saúde, educação, transportes, segurança e sem outros serviços essenciais para o desenvolvimento do nosso sofrido povo e do país.
Eu aqui não quero ser o dono da verdade e tenho a certeza de que não sou, mas lá pelos idos de 2001/2002 eu combatia o efeito Lula que o povo cantava em verso e prosa que seria o melhor para o Brasil, o Lula e o PT pregando de forma demagógica que seria a salvação do Brasil, mas sabendo que o Governo FHC estaria entregando o país a ele em franco desenvolvimento, com a inflação controlada e com a maioria das  medidas impopulares todas, tomadas com o sistema de privatização e de concessão já rendendo frutos e dando lucros,mais uma vez o Lula com a palavra fácil do populismo e da demagogia barato ludibriou o povo e ganhou as eleições de 2002 iniciando assim o maior sistema de corrupção já arquitetado por um governo em todo o mundo e em todos os tempos.
De 2003 até dois 2016 foram quatorze anos de Lulopetismo onde desde o inicio do Governo do PT as pessoas mais esclarecidas e com um bom conhecimento político já previa que seria um desastre pois a corrupção já iniciou nos primeiros dias de governo, montaram em pouco tempo o aparelho corruptivo tendo a frente o comando de Lula e seus principais ministros, mas com o apoio disfarçado de alguns órgãos e homens de impressa, com programas proselitistas enganado o povo e a ele dando pão e circo, a grande maioria do povo assistindo novelas, novela e novelas a sociedade menos esclarecida não percebia que o roubo e o assalto aos cofres público era evidente, assim ficou mais fácil para a implantação do sistema e as etapas do plano foram sendo montadas e instaladas passando por diversos escândalos até chegar à deposição através de um processo de Impeachment da Presidente Dilma Vana Rousseff, mas já com o saqueamento dos cofres públicos em bilhões e bilhões de dólares que com certeza no final das investigações chegarão certamente a trilhões de dólares que causou, está causando e causará ainda por muito tempo o descontrole da economia brasileira e prejudicando pobres e as pessoas mais humildes.
Por hoje é só, tenho a certeza que temos muito ainda a falar sobre tudo isso, mas que bom se tudo isso fosse mentiras de primeiro de abril, mas a realidade é dura e eu só tenho a falar para todos que é verdade.
Meus Contatos:  Meu Bolg: www.jpsfisp.blogspot.com  -   E-mail: jpsfi@hotmail.com  -  Facebook: https://www.facebook.com/jose.pereiradasilva.1656  -  Tel/whatsApp 55-45-991017522